terça-feira, 20 de abril de 2021

NWi Telecom repudia a ação de criminosos que utilizavam a logo da empresa para praticar furto de fios de cobre

 

A NWi Telecom foi surpreendida na noite de ontem (19) por notícia veiculada pela imprensa que relatava a ação de um trio que fingia instalar rede de fibra óptica para furtar fios de cobre no Sudoeste, e utilizavam camisetas que carregam a logo da NWi Telecom para fomentar o golpe. Os três criminosos foram presos pela PMDF. Na manhã desta terça-feira (20), a empresa buscou informações junto à Polícia e deu entrada em Boletim de Ocorrência.


As camisetas utilizadas pelos homens apreendidos com a logomarca da NWi Telecom são utilizadas por colaboradores de empresas terceirizadas que prestam serviço para a NWi. “Por questão de segurança, nossos colaboradores estão sempre uniformizados, com crachá e carro identificado com a logomarca da empresa“, informou o diretor-executivo da empresa José Carlos Godoy Jr.

 

Um dos criminosos apreendidos fazia parte do antigo quadro de uma das empresas contratadas pela NWi, onde ocupava a função de “puxador de fio”, atividade básica de instalação de fios de fibra óptica, mas já havia sido desligado da empresa originária em janeiro deste ano. A empresa terceirizada declarou que o ex-funcionário não havia devolvido o uniforme que lhe foi disponibilizado, sendo basicamente composto por camiseta, boné e  equipamento de proteção individual.

A empresa lamenta o ocorrido e as perdas. “A NWi trabalha para que nossos clientes recebam atendimento e serviços da melhor qualidade possível, com segurança. Para além das perdas financeiras que este tipo de ação criminosa gera para a empresa, tem a perda para usuários, com a interrupção dos serviços, especialmente num período deste de pandemia, onde grande parte da população depende da Internet para trabalhar ou estudar”, lamentou o diretor-executivoLamentável mesmo, especialmente tendo em vista o quanto temos investido fortemente neste período na expansão da nossa rede de fibra óptica, para melhor atender nossos clientes, reforçou Godoy.

Sobre a NWi Telecom – Com 26 anos de mercado na área de Tecnologia, a NWi é especializada nos segmentos de Telecom, DataCenter, TI e Monitoramento Inteligente, atendendo empresas do setor privado e do Governo, como Presidência da República, CAESB, Embrapa, etc… além de pessoas físicas via rede óptica FTTx. Atua em Brasília e em todas regiões administrativas além de Formosa/GO, Luziânia/GO, e Planaltina de Goiás/GO.

NWi Telecom

Endereço: SIG Quadra 1 Lotes 715, 725, 735, Brasília – DF, 70610-410

Site: www.nwi.com.br


segunda-feira, 19 de abril de 2021

Restrição de circulação de pets em áreas comuns dos condomínios pode ser contestada pelo Poder Judiciário

 Regras que forem decididas em assembleia poderão ser revisadas e até anuladas na justiça; moradores podem questionar as decisões tomadas em assembleia, explica o advogado especialista em assuntos condominiais, Dr. Wilker Jales 

 


Cada vez mais presentes nos lares, os pets são assuntos constantes nas assembleias ou convenções condominiais. Entre as situações mais relevantes, discutidas em convenções estão temas como o uso de guia e coleiras; o barulho; presença dos animais no elevador social; coleta das necessidades básicas nas áreas comuns; denúncia de maus tratos e mais uma série de assuntos pontuais que ocorrem no dia a dia. Recentemente, a proibição de circulação de pets nas áreas comuns dos condomínios é o que vem gerando mais polêmica entre moradores de alguns condomínios do Distrito Federal.

 

Incomodados com as exigências em relação à transitação dos pets nas áreas comuns, condôminos recorrem à justiça. O advogado especialista em assuntos condominiais, Dr. Wilker Jales, destaca a responsabilidade de síndicos e moradores sobre a questão, e aponta possíveis soluções a serem tomadas para a convivência harmônica e para evitar notificações e multas. A restrição do trânsito de animais domésticos nas áreas comuns pode ser prevista no Regimento interno do condomínio e, neste caso, deve ser respeitada pelos condôminos.

 

Mas, mesmo definidos em assembleia, alguns casos, como exigir que os moradores transitem com seus pets no colo nas áreas comuns, precisam ser avaliados e, em determinadas situações, podem chegar a ser anuladas pelo Poder Judiciário “Essa é uma decisão que pode ser anulada pelo Poder Judiciário, levando em consideração os pets de grande porte, ou até a incapacidade física do morador para locomover o animal, podendo ser interpretado como um ato abusivo”, explica o advogado.

 

O advogado Dr. Wilker Sales destaca ainda que, hoje em dia, é comum que a proibição de animais em condomínios não seja aceita por diversos juízes em todo o país, desde que as regras sejam respeitadas. “Muitos juízes entendem que as pessoas têm direito de ter um bicho de estimação. Especialmente durante o período de isolamento, os bichos podem ser uma companhia. Mas o tutor precisa garantir a segurança dos vizinhos, o sossego e a saúde, tudo alinhado com as regras e regimes internos”, aponta Dr. Wilker.

 

 

Sobre a responsabilidade do síndico, Dr. Wilker Jales, orienta os gestores a disponibilizar as regras e o regulamento interno de forma clara para todos. Em caso de conflito entre os moradores, é importante que os desentendimentos e reclamações sejam intermediados o mais rapidamente possível e, em casos mais extremos, a orientação é convocar uma assembleia de condomínio para que decisões sejam tomadas de forma democrática e participativa. “A conversa ainda é a melhor solução. Tão importante quanto às regras é levar em conta o bom senso e as características de cada caso”, recomenda o especialista.

 

Sobre o Dr. Wilker Lucio Jales – Advogado inscrito na OAB Seccional de Brasília-DF sob o n° 38.456, militante no Distrito Federal e Estados vizinhos, sócio proprietário do escritório Jales & Gomes Advogados, com atuação nas áreas cível, contratual, imobiliário e condominial desde 2013. Especialista em Direito Civil, Processual Civil, Imobiliário, Negocial e em Direito e Parlamento, com artigos publicados no Portal Condomínio no Play, tendo realizado diversas palestras em condomínios.

 

SERVIÇO

Restrição de circulação de pets em áreas comuns dos condomínios pode ser contestada pelo Poder Judiciário
Jales & Gomes Advogados

Endereço: Rua Copaíba Torre A, 819-820 DF Plaza Century - Águas Claras, Brasília - DF, 71919-540

Mídias: https://www.instagram.com/wilkerjales/

sexta-feira, 16 de abril de 2021

Peccato Empório Bistrô aposta no delivery para levar conforto e boa gastronomia aos clientes em meio a pandemia

 Apostando em produtos artesanais de alta qualidade, o restaurante vem ganhando a simpatia dos brasilienses; com menos de um ano de funcionamento, a casa se destaca pelos pratos da tradicional cozinha italiana, com toque autoral do chef Gustavo Gracindo

 

A comida como uma deliciosa poesia picante. Essa é a frase que representa o Peccato Empório Bistrô, um lugar aconchegante, bem arejado, com um bom atendimento e com uma comida para "comer de joelhos". Localizado no Lago Sul, e reconhecido pelos produtos artesanais de alta qualidade, o restaurante está com novidade: agora os clientes podem desfrutar das delícias do local no conforto de suas residências, através de um delivery exclusivo e também entregas realizadas pelo Ifood. Os pedidos podem ser feitos das 11h às 21h, e o bistrô  promete entregar todo o sabor da casa através dos pratos assinados pelo fotógrafo gastronômico e chef de cozinha, Gustavo Gracindo.

 

A ideia do delivery surgiu depois da medida de lockdown ser decretada no Distrito Federal para evitar a disseminação do coronavírus, fazendo com que bares e restaurantes precisassem se reinventar para continuar atendendo a sua clientela. “Além de ser uma forma de continuarmos trabalhando, também queríamos oferecer boa gastronomia para os nossos clientes, porque nada melhor do que uma boa comida para enfrentar os momentos difíceis", pontua Gustavo Gracindo.

 

Com um menu recheado de delícias “pecaminosas”, o bistrô garante que quem decidir pelas opções de delivery não perderá em nada no sabor e qualidade das refeições, como destaca o chef do Peccato. “Todos os pratos são feitos e entregues com muita qualidade, e chegam perfeitamente na residência do nosso cliente. Queremos que eles tenham a mesma experiência positiva que teriam se estivessem no nosso espaço”, destaca.

 

Cardápio pecaminoso

 

No menu de almoço e jantar, o Peccato sempre tem uma novidade para surpreender os mais exigentes paladares, além de uma ótima carta de vinhos para harmonizar com os pratos e entradas. Dentre as sugestões feitas pelo bistrô, os grandes destaques são o Filé à Parmegiana (R$49); Robalo à Baronese (R$59), Medalhão ao Funghi (R$55), Polvo à Portuguesa (R$59) e o Camarão do Peccato (R$55). Todas as opções do cardápio contam com uma salada especial de entrada, e os pratos do dia contam com sobremesas exclusivas. O preço e os pratos no delivery e take out são os mesmos do cardápio do restaurante.

 

Robalo_baronese  Credito: Gustavo Gracindo 

Polvo_portuguesa - Credito: Gustavo Gracindo

Parmegiana Credito: Gustavo Gracindo 

Medalhao_funghi - Crédito: Gustavo Gracindo

Camarao_peccato -Gustavo Gracindo

Para um delicioso brunch, a casa oferece cafés, chás e um croissant parisiense de dar água na boca. Na parte de empório, o destaque fica com os doces, tortas, bolos, queijos de cabra e da Canastra, além dos embutidos artesanais, pimentas e muito mais. “Estamos sempre em busca de novos fornecedores para surpreender o paladar dos nossos clientes”, reforça Gustavo.

 

O Peccato, que além de restaurante funciona como um espaço cultural, também precisou modificar a rotina do espaço, com a restrição das apresentações ao vivo de músicos, saraus de poesias e artes plásticas, o que reduziu o movimento no estabelecimento, como explica Gustavo Gracindo. “Na minha trajetória sempre tive essa pegada artística, e implantar isso no bistrô era fundamental, e sempre deu muito certo. Sempre apoiei os músicos de Brasília, fizemos saraus de poesia e artes plásticas, mas com a pandemia e as restrições, ficou impossível, o que esperamos poder voltar a fazer em breve”, pontua.

 

Sobre o Peccato Empório Bistrô -  Pense em um lugar aconchegante, bem arejado, com um bom atendimento e com uma comida para comer de joelhos. Este é o Peccato. A casa trabalha sempre com produtos artesanais de alta qualidade. Como todo Bistrô de vanguarda, o cardápio está sempre com novas criações e sabores, sem esquecer os clássicos que nunca saem do cardápio. Os clientes podem apreciar os pratos especiais no almoço e no jantar, deliciosas opções para o brunch, além de um empório exclusivo para surpreender os mais exigentes paladares. O local ainda conta com uma ótima carta de vinhos para harmonizar perfeitamente com os pratos e entradas.

 

Serviço

Peccato Empório Bistrô aposta no delivery e take out

Endereço: Lago Sul QI 9 (ao lado do Oba)

Instagram: @peccato_bistro

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Especialista alerta para o risco de lesões com a prática de exercícios físicos em casa na pandemia

 O especialista em ortopedia, Dr. Michal Kossobudzki, orienta sobre os cuidados necessários com a rotina de atividades físicas em casa, e aponta tratamentos não invasivos como alternativas cirúrgicas durante o período




Com as restrições enfrentadas para se frequentar uma academia nos tempos atuais, a prática de exercícios físicos em casa vem sendo recomendada por especialistas como forma de se manter saudável durante a pandemia e tem se tornado um hábito cada vez mais comum. Por outro lado, a atividade pode aumentar o risco de lesões ocasionadas por acidentes ou falta de orientações profissionais. O ortopedista, especialista em joelhos e lesões ortopédicas esportivas, Dr. Michal Kossobudzki, aponta os cuidados necessários para que lesões sejam evitadas e apresenta alternativas de procedimentos que evitam cirurgias durante o período crítico de pandemia, em que hospitais estão sobrecarregados.

 

Para o especialista o maior risco está na prática de atividades sem o acompanhamento de um profissional especializado, ainda que seja remotamente. ”O recomendado é que a atividade seja sempre orientada por profissionais capacitados para evitar lesões e traumas que, facilmente, podem ser agravados, levando o caso para um procedimento cirúrgico”, alerta o ortopedista. "Hoje em dia o  atleta, ou praticante de atividade física que está realizando sua rotina em casa, pode contar com o uso de videoaulas com profissionais orientando e corrigindo postura dos exercícios, além da intensidade dos movimentos. Uma atividade mal realizada pode ocasionar uma lesão grave”, orienta Dr. Michal.

 

Outro motivo de preocupação é o risco a ser enfrentado em face da necessidade de uma possível internação durante esse período em que o número elevado de casos de coronavírus levou à redução de intervenções cirúrgicas. No Distrito Federal, por exemplo, a Secretaria de Saúde chegou a suspender temporariamente todas as cirurgias eletivas, exceto procedimentos cardiovasculares, oncológicos e transplantes. "Muitos pacientes ficam entre a cruz e a espada, na dúvida se enfrentam o risco da internação ou o desconforto causado por dores e desgastes físicos”, afirma o médico.


Felizmente, pode haver uma terceira alternativa, como explica Dr. Michal. Com procedimentos pouco ou nada invasivos, alguns tratamentos podem permitir que o paciente não precise passar por uma cirurgia, evitando a internação hospitalar. “Hoje a tecnologia nos favorece bastante. Com o uso de uma câmera introduzida em um pequeno furo,  por exemplo, conseguimos realizar um procedimento para combater lesões em paciente com um quadro de dores no menisco ou com uma artrose, evitando a internação do paciente e permitindo o seu retorno para casa em algumas horas”, esclarece. Entre outros procedimentos destacados pelo especialista estão o uso de infiltrações com medicamento composto de ácido hialurônico para controle de dores locais, ou até a aplicação de anestésico com anti-inflamatório, além de indicação de exercícios específicos. 

Mais informações podem ser obtidas de forma gratuita em seu site www.drmichal.com.br ou pelas mídias sociais, como o canal no Youtube.



Sobre Dr. Michal Kossobudzki
 - Cirurgião especialista em Ortopedia e medicina esportiva, é a 4ª geração de médicos na família. Possui larga experiência no diagnóstico e tratamento de lesões complexas do joelho, sendo elas conservadoras (não cirúrgico) ou cirúrgicas. Formado em Medicina pela UnB, fez Residência em Ortopedia e Traumatologia pela Clínica de Fraturas da XV e Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba (PR). Após, fez especialização em cirurgia de joelho, Artroscopia e Medicina Esportiva no Instituto Cohen em São Paulo (SP).

Aprovado em concursos em São Paulo (SP) e Brasília (DF), foi médico da Secretaria de Saúde no Hospital Regional de Santa Maria de 2010 a 2014. Atuou na chefia da ortopedia dos hospitais Santa Helena e Hospital Brasília (2014-2019), sendo ex-sócio administrador de Clínica no Lago Sul e, atualmente, sócio fundador e CEO da Clínica de Cirurgia do Joelho que leva seu nome na Asa Norte, desde março de 2019. Possui conhecimentos nos mais atualizados métodos para o tratamento de enfermidade, é reconhecido por sua postura ética, respeito à individualidade e atendimento humanizado.

SERVIÇO

CLÍNICA DE CIRURGIA DO JOELHO DR. MICHAL KOSSOBUDZKI

EndereçoQuadra 2 Bloco B EDIFÍCIO CLEO OCTÁVIO SALA 1505, SHCN, Brasília - DF, 70710-146

Site : www.drmichal.com.br

https://www.facebook.com/Michal-Alexander-Kossobudzki

quarta-feira, 31 de março de 2021

Sinagências indica servidor de carreira para lista tríplice ao Conselho Nacional de Proteção de Dados

 O Sinagências indicou no começo do mês, o servidor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP, Claudio Rocha, para uma das vagas voltadas às entidades representativas do setor laboral para membro do Conselho Nacional de Proteção de Dados – CNPD da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD.

Claudio Rocha é servidor de carreira da área da regulação há mais de 12 anos. Atualmente é Encarregado pela Proteção de Dados da ANP e membro do comitê técnico nacional da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) sobre Segurança da Informação, Cibersegurança e Proteção da Privacidade.

O servidor também possui certificação internacional como Data Protection Officer pela Exin e de Lead Implementer da Gestão da Privacidade de Informação pela ABNT, entre outras.

O CNPD é um órgão consultivo composto por membros da sociedade e do poder público. Suas principais atribuições são:  propor diretrizes estratégicas e fornecer subsídios para a elaboração da Política Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade e para a atuação da ANPD; elaborar relatórios anuais de avaliação da execução das ações da Política Nacional de Proteção de Dados Pessoais e da Privacidade; sugerir ações a serem realizadas pela ANPD; elaborar estudos e realizar debates e audiências públicas sobre a proteção de dados pessoais e da privacidade; e disseminar o conhecimento sobre a proteção de dados pessoais e da privacidade à população.

O servidor, caso seja escolhido para compor o conselho, priorizará a disseminação da cultura da proteção de dados e privacidade. “Não adianta sair aplicando sanção aos controladores e operadores. O Brasil está muito atrasado com relação à segurança da informação. E não existe privacidade sem segurança da informação. Tem que se trabalhar muito nessa área ainda. Deveria haver uma campanha de esclarecimento intensa por parte do governo para que toda sociedade entenda o valor da proteção de dados.”, diz Rocha.

O CNPD é composto por vinte e três membros titulares e suplentes, com mandato de dois anos, designados pelo Presidente da República, que a partir da lista tríplice escolherá os nomes para compor o Conselho.

A entidade oficiou recentemente a Casa Civil, para uma audiência com o general Walter Souza Braga Netto, e além de tratar sobre a equiparação da ANM também pretende conversar sobre a referida indicação.




Fonte: Ascom/Sinagências

segunda-feira, 29 de março de 2021

Marlene Souza Lima altera programação de lives em homenagem a irmã e sobrinho vítimas da Covid-19

 As lives que deveriam ser em comemoração aos 35 anos de carreira musical da artista foram ressignificadas, e serão feitas em homenagem a irmã e sobrinho que faleceram no último fim de semana em decorrência da covid-19

 



último fim de semana mudou completamente a vida e a comemoração aos 35 anos de carreira da guitarrista Marlene Souza Lima. A artista, que tinha preparado seis lives em celebração a sua trajetória musical, precisou ressignificar a festividade em decorrência do falecimento de sua irmã e seu sobrinho, vítimas da Covid-19. A irmã da instrumentista, a funcionária pública aposentada e produtora, Lubélia de Souza Lima, de 59 anos, veio a óbito na sexta-feira (19), e o sobrinho de Marlene, o empresário e produtor cultural Bruno Lima Barros, de 26 anos, no domingo (21). As lives agora serão em homenagem aos seus entes queridos.

 

Emocionada, Marlene Souza Lima declarou que usará o seu talento como guitarrista em tributo a sua família. O momento que estamos passando já era extremamente difícil, e perder duas pessoas especiais para essa doençé mais difícil ainda. Quero que essas lives sejam símbolo de gratidão à Lu, que foi a maior incentivadora da minha carreira, e tenho certeza que ela ficaria extremamente feliz com a minha homenagem, e o Bruno também, afirmou a artista.

 

As apresentações contarão com músicas que a artista vem tocando ao longo dos seus 35 anos de carreira, separadas por estilos: Bossa Nova Lado A, e B, e Jazz Lado A” B, além de composições que estão no CD My Way e no DVD gravado ao vivo, com a execução de músicas compostas há algum tempo, mas que ainda não foram gravadas. Os shows em homenagem aos familiares seguem dentro das datas previstas, nos dias 27/03, 03/04, 10/04, 17/04, e 24/04 (ver programação abaixo), nas redes sociais e no canal no youtube da instrumentista.

 

Sobre Marlene Souza Lima - Nascida no Rio de Janeiro, e criada em Brasília, Marlene aprendeu desde cedo com o pai saxofonista, e mãe fã de bossa nova, o amor pela música. Cresci ouvindo bossa nova, jazz e James Brown. O pessoal de casa fala que quando eu tinha uns dois anos, eu ficava perturbando o ensaio que meu pai e meu tio, que são músicos, faziam em casa, relembra.

 

Em sua trajetória, a compositora acumula experiência e uma formação invejável. Estudou na Escola de Música de Brasília (EMB), onde o violão era o foco inicial, seguido pela descoberta da paixão  pela guitarra. única certeza que eu tinha era que a guitarra seria o meu instrumento de paixão e trabalho, assim como o violão, revela. A instrumentista também teve aulas com os renomados músicos Paulo André Tavares, Nelson Faria, Paulo Bellinati e Mestre Curinga.

 

Programação

 

2ª LIVE: 27/03/2021 às 20h

Tema: live show, de 1h20, onde serão executados temas consagrados e lado B da bossa nova, sob novos arranjos;

 

3ª LIVE: 03/04/2021 às 20h

Tema: live show, de 1h20, onde serão executados temas consagrados do jazz mundial;

 

4ª LIVE: 10/04/2021 às 20h

Tema: live show, 1h20, onde serão executados temas lado B do jazz mundial;

 

5ª LIVE: 17/04/2021 às 20h

Tema: live show, 1h20, com a execução das músicas autorais da musicista Marlene Souza Lima presentes no DVD;

 

6ª LIVE: 24/04/2021 às 20h

Tema: live show, 1h20, com músicas autorais de Marlene Souza Lima e temas autorais de músicos e musicistas da cidade.

 

Serviço:

As lives será transmitidas pelas redes sociais da artista

Youtube: https://youtube.com/c/mslgrupo

Instagramhttps://instagram.com/marleneslimaguitar?igshid=1dcssl1ho2wmk

Publicidade

Publicidade

Arquivo