segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Cássia adora sair por aí, mas, bom mesmo, diz, é voltar

Filha de nordestinos, a publicitária moradora de Samambaia tem orgulho da trajetória da família no Distrito Federal. 58 dias para os 60 anos de Brasília

Cássia Dantas considera o Carnaval local bom e as pessoas, acolhedoras. Ah, e ama a Igrejinha da 107 Sul, local desta imagem. Foto: Renato Araújo.“Amo Brasília e poderia parar por aqui, rsrsr!

Mas tenho tanto a ver com essa cidade que jamais deixaria de registrar todo o carinho que sinto por ela e tudo o que ela representa para mim, em meus 28 anos de vida.

Sou filha de nordestinos e tenho orgulho dessa trajetória. Tudo começa com minha tia e a feliz coincidência de ela vir para cá com os nove filhos em uma Brasília (o carro). Durante quatro dias de viagem, saindo do Rio Grande do Norte, minha família veio para tentar uma vida melhor e longe da fome do nosso “país”, o Nordeste.
Sabe aquela saudade de andar em linha reta, ficar tonta numa tesourinha, desbravar o Eixão? Eu tenho! Não dá para ficar muito tempo longe daqui.

Minha tia se estabilizou e mandou chamar um punhado de sobrinhos. Eis que papai, com seu black power, veio. Em seguida, Brasília ganhou uma nova moradora: mamãe. Assim, surge uma construção. Não só da cidade, mas de uma família que cresceu em todos os sentidos na capital do país.

Eu gosto de conhecer outras cidades, mas sabe aquela saudade de andar em linha reta, ficar tonta numa tesourinha, desbravar o Eixão? Eu tenho! Não dá para ficar muito tempo longe daqui.

Esse céu, o clima nada constante, as regiões administrativas… me dão liberdade e, ao mesmo tempo, não. Ora, quem nunca chegou num rolê e encontrou um amigo? Ou o amigo de um amigo? ‘Brasília é muito pequena’, ora. ‘Brasília é um ovo.’ E é mesmo.

Ah, dizem que aqui não tem Carnaval, não tem isso, não tem aquilo. Na verdade, só não tem mar. O Carnaval é bom, as pessoas são acolhedoras e quem mandou político corrupto para cá não foi só a gente! Amo essa cidade, minha raiz, nossa cultura. Sim, cultura. E não é só rock, bebê!”

Cássia Dantas, publicitária, 28 anos, mora em Samambaia Sul – Setor de Mansões.

Publicidade

Publicidade

Arquivo